Seguimos os trilhos da Maria Fumaça para montar o roteiro abaixo. Escolha o seu e embarque.

Seguimos os trilhos da Maria Fumaça para montar o roteiro abaixo. Escolha o seu e embarque
Seguimos os trilhos da Maria Fumaça para montar o roteiro abaixo. Escolha o seu e embarque
RIO GRANDE DO SUL: BENTO GONÇALVES – CARLOS BARBOSA – Batizada de Trem do Vinho, por percorrer originalmente trechos de videira da Serra Gaúcha, a locomotiva que liga Bento Gonçalves (na foto) a Carlos Barbosa, passando pelo município de Garibaldi, é movida a lenha e transporta entre os passageiros cantores que animam a viagem com amostras da música típica italiana e gaúcha.


SÃO PAULO: PARAGUAÇU PAULISTA – SAPEZAL – A novidade que aguarda o turista que fizer o trecho a partir de junho de 2013 está na casa das cantoras de música regional Irmãs Galvão – uma espécie de memorial que vai expor objetos e documentos que recontam a trajetória dos 60 anos de carreira da dupla, que passou a infância no distrito – um prato cheio para os apreciadores da música sertaneja. Quem leva: Prefeitura Municipal de Paraguaçu Paulista. Quanto: R$ 15 – R$ 20 (crianças até 4 anos não pagam). Na foto, Rio Juruena em Sapezal.


MINAS GERAIS: SÃO JOÃO DEL REI – TIRADENTES e OURO PRETO – MARIANA – Cerrado e Mata Atlântica dividem o cenário desbravado pela estrada de ferro inaugurada por Dom Pedro II em 1881. O passeio que hoje leva passageiros de São João Del Rei a Tiradentes, de Ouro Preto a Mariana e leva também de volta ao passado percorre trechos que se revezam entre mata e construções de arquitetura europeia. Em São João Del Rei, a aventura pela história começa antes mesmo do embarque, no Museu Ferroviário situado na própria estação, onde documentos e locomotivas de outros tempos estão expostas. Já no trajeto que liga Ouro Preto a Mariana, a Maria Fumaça ginga entre vales, despenhadeiros e por dentro de túneis. Quem leva: Ferrovia Centro-Atlântica . Quanto: R$ 40 – R$ 50.

MINAS GERAIS: SÃO JOÃO DEL REI – TIRADENTES e OURO PRETO – MARIANA – Percurso da Maria Fumaça até Tiradentes.


SANTA CATARINA: TUBARÃO – URUSSANGA – Para fazer a rota da Maria Fumaça que parte da minúscula Tubarão rumo à Urussanga, é preciso duas coisas: uma reserva feita com antecedência, pois as viagens acontecem somente quando há uma comemorações em Urussanga – e uma munição de balas comestíveis. Observando esses cuidados, você terá garantido o seu lugar entre os 260 passageiros que ocupam o trem nas datas programadas e o sorriso das crianças que aguardam a passagem da locomotiva nas comunidades existentes à beira do trilho. O costume é o trem desacelerar para que as crianças alcancem as balas das mãos dos passageiros que as presenteiam. Em viagens específicas, os passageiros distribuem até mesmo cestas básicas para essas comunidades situadas ao longo do trajeto. Quem leva: Museu Ferroviário (Av. Pedro Zapeline, 999, Tubarão; 48 3632-3450). Quanto: R$ 50 com degustação de vinho ao chegar ao destino. Na foto, Museu Ferroviário em Tubarão.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial