Ao pensar em ingressar numa faculdade, muitas dúvidas pairam sobre nossas cabeças. Por isso,é importante conhecer bem as vantagens e limitações de cada tipo de curso.

Os cursos superiores de graduação possuem três graus distintos: licenciatura, bacharelado e tecnológico.

As licenciaturas possuem atuação bem delimitada, tendo um enfoque claro na docência. Já os bacharelados permitem uma formação ampla numa área de conhecimento, habilitando o profissional para a atuação em um largo espectro de atividades.

Já os cursos superiores tecnológicos, permitem que o discente se forme numa área bem específica, tornando-se praticamente um especialista naquele assunto. A grande vantagem deste tipo de curso se dá no pequeno espaço de tempo necessário para sua formação (em geral metade do necessário para um bacharelado na mesma área). Por outro lado, é preciso entender que um tecnólogo possui uma área de atuação bem mais limitada do que um bacharel.

Se você está em dúvida sobre fazer um bacharelado ou um curso superior tecnológico, deve levar em conta os seguintes aspectos:

Ao optar por um curso tecnológico, você estará se especializando em uma área (como por exemplo Logística). Isso permite que em 2 anos você possa dominar esta área, tendo muito mais disciplinas específicas do que um bacharelado teria (por exemplo, embora no curso de Administração existam disciplinas voltadas para a logística, o enfoque é bem menos do que num curso tecnólogo).
A necessidade de um tecnólogo cursar uma especialização na sua área de formação é muito pequena. Como no curso tecnológico, você já cursa várias disciplinas específicas e focadas, não faz muito sentido cursar uma pós na mesma área, o que lhe dá maior liberdade sobre como pretente complementar seus estudos.
Sua formação será muito rápida, então é necessário planejar o aproveitamento deste tempo na universidade. Como você normalmente só passará cerca de 2 anos estudando, é comum que preocupações com estágios e atividades extracurriculares surjam já no final do curso, o que pode fazer com que você não aproveite bem todas as oportunidades que uma universidade tem a oferecer.
Muitas empresas ainda estão se adaptando ao cursos tecnológicos, portanto não é incomum que processos seletivos indiquem somente a preferência por bacharéis. Neste caso, sempre que tiver abertura, é interessante conversar com o recrutador para explicar que seu curso tecnológico também o habilita para atuação em determinada área.
O curso tecnológico pode servir como porta de entrada para um bacharelado, afinal não é incomum que jovens que pretendem cursar uma universidade ainda não tenham certeza de que curso querem fazer. Neste caso, realizar um curso mais curso permite que o aluno sinta se realmente tem afinidade com a área, o que pode inclusive despertar a vontade de cursar um bacharelado posteriormente (já dispensando várias disciplinas).

Neste caso, pesquise bem sobre os cursos que pretende fazer. Os cursos tecnológicos são relativamente recentes, mas podem ser uma boa opção de formação.

fonte: http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/escolha-de-um-curso-tecnologico-como-opcao-de-carreira/104146/

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial