Veja técnicas para utilizar essa que é uma das melhores ferramentas online da atualidade no processo de venda

 

Quem acompanha meus artigos sabe que sempre fui um combatente ávido ao WhatsApp. Não à plataforma em si e suas funcionalidades, mas ao fato da obsessão e do valor que as pessoas colocam no aplicativo.

A interação mais importante deixou de ser o teti-a-teti e passou a ser no app, uma lógica de comportamento que abandona o contato real e valoriza bem mais o virtual. Uma lógica de comportamento que é vista nos casais em restaurantes que mal conversam entre si, mas não desgrudam a tela do celular, em rodas de amigos na mesma situação ou seja lá onde você esteja.

Se observar um pouco ao seu redor verá facilmente o olhar da maioria na tela. Caso chegue mais perto constatará que dois terços estão no WhatsApp. Isso fez até com que eu abandonasse o app por alguns anos (o que gerou um dos meus artigos mais lidos) e, depois, por uma necessidade profissional, reativá-lo novamente (falei sobre isso também).

Passado esse período de amor e ódio baseado mais na questão antropológica e de comportamento do objeto de estudo, posso dizer que minha percepção pelo WhatsApp está bem diferente do que antes. Minha análise está agora na estratégia, no instrumento mercadológico, nos resultados que o app pode provocar em qualquer negócio, em como ele favorece no processo de venda. E nossa… como é eficiente esse tal de WhatsApp.

É eficiente pelo simples fato do que descrevi no inicio desse texto. Todo mundo (ou quase todo mundo) está conectado a ele, bem pertinho, sempre antenado. À espera daquele bolinha verde lateral indicando quantos recados novos existem em cada conversa. E se todos estão lá, amigo e amiga que deseja melhorar sua venda, você também precisa estar.

Não importa o tamanho da sua empresa, se ela é online ou presencial, o meu conselho é: UTILIZE! Recentemente, em duas consultorias que realizei, uma para um estabelecimento físico e outro digital, após inserimos o WhatsApp na comunicação, tivemos uma demanda de contatos que dobrou as interações e aumentou em 50% as vendas.

A verdade é que se você adiciona em sua comunicação esta plataforma melhorará quatro importantes etapas do processo de venda: Relacionamento, Prospecção, Venda e Pós-venda. Para facilitar, abaixo separei em tópicos algumas informações importantes de como utilizar em cada uma dessas duas etapas.

Dica simples e eficiente

Antes de falar sobre as etapas, uma dica simples, mas que pasmem, muitos não usam. Utilize o WhatsApp no próprio computador: https://web.whatsapp.com/. Você ganha em velocidade de atendimento, além de poder realizar outras tarefas profissionais ao mesmo tempo.

Etapa: Relacionamento

O WhatsApp pode ser muito útil para desenvolver um relacionamento com seu cliente ou público-alvo. E isso não implica em bombardear com propaganda. Longe disso! A ideia é passar informações úteis e complementares como conteúdos interativos, notícias, vídeos, indicações, tirar dúvidas (esqueça correntes ou piadinhas bobas). Tudo isso faz com que você interaja, crie um vínculo com o seu público.

No momento em que for realizar uma venda, pode ter certeza, a facilidade em obtê-la será muito maior. Em determinados negócios é válido criar grupo para desenvolver um elo através dessa interação. Em outros casos, a Lista de Transmissão, ou seja, o envio da mesma mensagem para muitas pessoas, é a melhor escolha. Isso vai variar justamente de como funciona o negócio e a sua capacidade de manter aquela interação atualizado. Importante: Grupos com clientes não são para todos os negócios. Caso aja um índice maior de return, reclamação, ela pode ser uma armadilha bem grande.

Etapa: Prospecção

Você também pode entrar em contato com pessoas que deseja oferecer o seu produto ou serviço. Muitas vezes, a tentativa é por telefone (ninguém atende), envia e-mail (não respondem), mas quando se manda um WhatsApp, BINGO, o retorno é quase imediato.

Ou seja, utilizar essa ferramenta vai acelerar seu tempo na prospecção e de resposta dos clientes. O ideal é sempre fazer contato com lista de pessoas que de alguma forma já interagiram com você. Ou seja, leads que vieram do site, por outras redes sociais, de coleta em eventos. Cuidado, muito cuidado, para não fazer spam. O seu número pode ser banido e o transtorno ser bem maior.

Etapa: Venda

Relacionamento bem conduzido, prospecção feita, hora de fazer a venda. Colocar a oferta em tópico. E vale facilitar a vida de quem compra. Ou enviar o boleto para pagamento, um link para inserir os dados do cartão, o contrato para a continuação da proposta. Enfim, você facilita através do whatsApp mesmo a vida de quem compra – e a sua também.

Etapa: Pós-venda

Existe a máxima de que é mais fácil (e mais barato) vender para o mesmo cliente do que conseguir novos. E sim, isso é verdade. Por isso, manter o contato, realizar o pós-venda, verificar se o seu cliente tem alguma necessidade, dúvida, também através do WhatsApp, se torna bem eficiente pelo alto índice de resposta. Clientes satisfeitos, além de voltarem, também indicam para outras pessoas. E isso se torna uma nova força de venda fantástica: o boca-a-boca. Mas sobre ele, falaremos em outro artigo.

Agora é colocar essas em prática. Até a próxima!13

fonte: http://www.administradores.com.br/artigos/negocios/como-utilizar-o-whatsapp-para-vender-mais/102191/

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial