Palavras criam realidade. As afirmações que você faz a si mesmo podem determinar seu sucesso ou fracasso

iStockphoto

Na correria diária, é fácil esquecer aquilo que é importante. Confundimos o estratégico com o urgente e os planos ficam soterrados em pilhas de demandas.

Para que 2017 seja o ano mais produtivo que você já teve, é necessário fazer algumas afirmações a si mesmo para não perder o propósito de vista.

As dicas abaixo são do Inc.com.

1. “Ninguém está disposto a fazer isso, então eu faço”

A maneira mais fácil de se diferenciar é fazer algo que ninguém quer – ou pensou em – fazer.

Basta oilhar em volta e perceber o que há para ser feito. Pode ser algo simples, pequeno. Assim que você concluir a tarefa, estará se diferenciando dos demais.

Em seguida, continue. Dia após dia. Uma semana depois, a mudança será perceptível. Um ano depois, dificilmente alguém fará o que você faz com a mesma eficácia. O processo também ajudará a desenvolver resiliência.

2. “Não foi tão ruim assim”

“A emoção mais antiga e mais forte da humanidade é o medo, e o mais antigo e mais forte de todos os medos é o medo do desconhecido”, afirmou o escritor de horror H. P. Lovecraft.

o entanto, o medo não pode paralisar. Mesmo diante de uma tarefa que pareça impossível de ser realizada, você deve superar o medo de fazer – ou o medo do resultado ser abaixo da expectativa de alguém.

Eleanor Roosevelt recomendava: “todos os dias faça alguma coisa de que você tem medo”. Ao final, além de o resultado não ser tão mal quanto você pensava, a excitação de superar o medo pode ser viciante.

3. “Não posso fazer tudo hoje, mas vou dar um pequeno passo”

Objetivos, ideias e planos não significam nada se não forem realizados. E isso demanda tempo.

E tudo o que demanda tempo pode gerar hesitação. Portanto, todos os dias, faça algo em direção ao objetivo. Mesmo que seja uma simples tarefa.

O primeiro passo é mais difícil. Os demais, nem tanto.

4. “Não vou me preocupar com o que outras pessoas pensam”

Outro fator paralisante é o medo do que outras pessoas vão pensar. “Não é o suficiente” ou “não vou surpreender” são pensamentos que podem fazer qualquer um desistir.

Se você pretende abrir um novo negócio ou seguir uma carreira que sua família ou amigos desaprovam, faça-o mesmo assim.

No fim, a vida é sua.

5. “Vou mostrar que posso”

Para algumas pessoas, criar um competidor imaginário – ou um sujeito que apenas aposta contra – apenas para contradizê-lo, é um recurso útil.

O ponto é aumentar a motivação, independente da tática. Assim, você assume o desafio não apenas de caminhar rumo ao propósito, mas de manter a palavra.

6. “Não está perfeito, e eu não ligo para isso”

Perfeccionismo é uma autoexigência problemática. Muitas vezes, paralisante. Em todo caso, é algo desejável.

Mas dificilmente um serviço prestado ou produto entregue será perfeito, seja por culpa sua ou não. O que você pode fazer é esquecer e continuar. Carregar o peso da responsabilidade de fazer algo perfeito não ajuda a melhorar a produtividade nem a qualidade.

Afinal, como afirmou Aristóteles, “nós nos transformamos naquilo que praticamos com freqüência. A perfeição, portanto, não é um ato isolado. É um hábito”.

Com o tempo e a prática, a perfeição virá.

7. “Eu deveria ter feito melhor”

Errar é humano. Aprender com o erro é para quem quer melhorar. Em tudo o que fizermos, vamos errar em alguma bobagem e comprometer o resultado. Mas é preciso não se conformar.

Pessoas bem sucedidas não esperam perfeição, mas esperam que possam fazer melhor na próxima.

Pense no que você fez durante o dia. Faça uma autocrítica. Como aquela atividade ou aquele atendimento poderia ser melhor? Assuma a responsabilidade. Jamais atribua um erro ou deficiência a fatores externos ou outras pessoas.

E prometa fazer melhor no dia seguinte.

8. “Eu sempre posso fazer mais”

“São raras as situações em que fazer menos do que o concorrente é uma boa estratégia”, defende o iatista australiano Jimmy Spithill.

Mesmo que você não seja tão experiente, financiado, rico em contatos ou talentoso, você sempre poderá superar outros em ideias e trabalho. O quilômetro seguinte é sempre uma terra vasta e desabitada.

Ainda que as possibilidades sejam contrárias, esforço e persistência podem ser suas únicas vantagens competitivas. Possivelmente as únicas que você precisa.

fonte: http://www.administradores.com.br/noticias/carreira/8-mantras-diarios-para-elevar-a-produtividade-ao-maximo/116551/

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial